Para quem não estava sabendo, a compra veio pouco depois de o portal anunciar que estava chegando ao fim, fechando suas operações em sete países diferentes (embora ainda mantendo outras de suas áreas em operação). O objetivo da compra, com isso, é ampliar e integrar a oferta comercial de serviços digitais da TData, bem como expandir sua carteira de clientes, oferecendo os serviços da companhia para os assinantes do Terra.

O objetivo da compra é ampliar e integrar a oferta comercial de serviços digitais da TData, bem como expandir sua carteira de clientes, oferecendo seus serviços para os assinantes do Terra

Com a compra, vale notar, a TData passa a ter controle total da Terra Networks, incluindo de suas operações de vendas e publicidade, bem como serviços de redes, manutenção e elaboração de projetos. Junto disso, a empresa deve utilizar essa união para criar novos produtos e trocar conhecimentos entre ambas as companhias, fortalecendo ainda mais a marca.

Por fim, a Telefônica ainda avisa que a operação não altera a estrutura acionária da companhia ou causa qualquer diluição para seus acionistas. Muito pelo contrário: ela deve gerar valor por acelerar o crescimento de seus serviços digitais e no aumento de sua eficiência operacional.